terça-feira, 21 de abril de 2020

DOENTE DA ALMA



Imagem do google
Nosso companheiro estava cabisbaixo nos últimos dias. Uma amiga do terreiro aproximou-se e inquiriu sobre o que estava acontecendo.

- Ah, minha amiga... As coisas não tem sido fáceis pra mim. Luto mesmo todo dia para chegar ao terreiro com ânimo, mas tem sido difícil...

- Mas, o que lhe perturba?

- Bem – respondeu algo reticencioso – você sabe que meu irmão tem dado muitos desgostos à família. Tem um gênio difícil, problemático. De umas semanas para cá anda irritadiço, brigando com todo mundo por qualquer coisa... Acredita que metade da minha família já não conversa mais com ele?

A companheira que lhe ouvia o relato não tinha muito a lhe dizer por si mesma. Deu-lhe algumas palavras de bom ânimo e disse que pediria à sua preta-velha para orientá-lo...

Mesmo sendo médium, nosso companheiro já havia aprendido que “santo de casa não faz milagre”. Aguardou até a próxima gira, quando poderia conversar com a preta-velha.

Eis que surge ocasião.

Ele se aproxima e tão logo se coloca ante a bondosa velhinha, esta lhe diz:

- Zifio, vosso irmão é uma pessoa de coração bão. O probrema é que a cabeça dele é fraca. Ele é um ispírito que gosta muito de falá “não” pros outru, masi não aceita ouví um “não” pra ele. A vaidade fala muito arto nele.

Desejosa de ir mais fundo em suas ponderações, a velhinha prosseguiu:

- Zifio – continuou com carinho – vosso irmão é uma alma doenti. Suncê já visitô um hospirtar onde fica os moribundos? Eles vão falá cada coisa que suncê nem acredita... Até blasfemá contra o nomi do nosso sinhô Jesuis Quisto... Mais, fi, isso é enquantu eles istão doenti. Depois que mióra, eles inté arrependi de dizê essas coisa... Assim é vosso irmão....

Após uma pausa mais longa, continuou:

- Agora, zifio, diz pra nega véia... O certo é as enfermeira virá as costa pros nossos irmãos moribundo ou o certo é elas ignorá e continuá fazendo seu trabaiô? Zifio, num é fácil... Mais ele é doenti e nosso sinhô Jesuis num ensinô qui são os duenti que necessita de remédio? E se suncê dé as costa a ele, suncê é que vai tá agindo erradu... Quem é que tem condição de ajudá, ele ou suncê?

O médium nada respondeu. Apenas deixou algumas lágrimas escorrerem pela face, beijou as mãos da velhinha, agradeceu e levantou-se comovido.

Leonardo Montes

Share:

0 Comments:

Postar um comentário

Os anos de internet me ensinaram a não perder tempo com opositores sistemáticos, fanáticos, oportunistas, trolls, etc. Por isso, seja educado e faça um comentário construtivo ou o mesmo será apagado.