segunda-feira, 21 de outubro de 2019

AS DESCULPAS DOS MÉDIUNS

Imagem do google

Ao fim dos trabalhos, manifestou-se Pai Cipriano das Almas, verdadeiro benfeitor em nossas vidas, nos trazendo, através da sua palavra reta e firme, algumas reflexões sobre os médiuns.

Disse-nos que as desculpas empregadas por aqueles que têm o compromisso com a mediunidade e que resolvem não o levar adiante são tantas que dariam um livro e que ele mesmo gostaria de escrevê-lo.

Após alguns instantes, arrematou o assunto com um pensamento muito poderoso:

- Entre todas as desculpas que os médiuns poderiam dar para o não cumprimento da tarefa mediúnica, apenas uma nunca poderão dizer: EU NÃO SABIA!

De uma forma ou de outra, àqueles que têm o compromisso com a mediunidade ficam sabendo. Dezenas de pessoas já passaram com algum dos meus guias e quando recebiam a informação de que eram médiuns e deviam trabalhar - quase todos - diziam não ter sido a primeira vez que alguém lhes dizia isso.

Seja pela figura de um amigo mais sensitivo, assistindo a um programa de televisão, tomando passes num terreiro ou mesmo através dos sonhos, a vida encontrará um jeito de avisar sobre o compromisso com a mediunidade e não o fará apenas uma vez, mas dezenas de vezes.

Nem todos, porém, honrarão esse compromisso com trabalho no bem...

E quem assim o proceder, entre todas as desculpas que poderia empregar para o adiamento da tarefa, a única que não poderá, em sã consciência, alegar é: eu não sabia...

 "Os mordomos de bens da alma estão investidos de responsabilidades pesadíssimas. Os estudiosos, os crentes, os simpatizantes, no campo da fé, podem alegar ignorância e inibição; todavia, os sacerdotes não têm desculpa. É o mesmo que se verifica na tarefa mediúnica. Os aprendizes ou beneficiários, nos templos da Revelação nova, podem referir-se a determinados impedimentos; mas o missionário é obrigado a caminhar com um patrimônio de certezas tais, que coisa alguma o exonera das culpas adquiridas". Os Mensageiros - Chico Xavier / André Luiz - Pág. 39. 

Leonardo Montes

Share:

0 Comments:

Postar um comentário

Os anos de internet me ensinaram a não perder tempo com opositores sistemáticos, fanáticos, oportunistas, trolls, etc. Por isso, seja educado e faça um comentário construtivo ou o mesmo será apagado.