sexta-feira, 21 de junho de 2019

MÉDIUM BANDA LARGA

Imagem do google

Estava ouvindo uma rádio espiritualista na internet, cujo conteúdo é relativamente interessante, quando me deparei com um tipo de programa que há tempos não ouvia, embora saiba ser comum: consultas por telefone.

O processo é simples:

A pessoa liga para o programa, fala seu nome, data de nascimento e faz uma pergunta. Quem lhe responde é o condutor do programa que, quase sempre, atribui a si algum título estranho com palavras esquisitas.

Embora eu não dê nenhum crédito a programas desta natureza, resolvi acompanha-lo, pois me impressionou a rapidez com que o apresentador devolvia as respostas.

Lembro-me de uma moça querendo saber sobre um emprego. Ela mal terminou de fazer a pergunta e imediatamente ele respondeu:  É seu!

Logo em seguida, um rapaz querendo saber se voltará com a namorada. Após algum rodeio, tentando sondar a reação do jovem com palavras amenas, ele concluiu: Voltará, mas não no tempo que você deseja!

Em questão de segundos, o apresentador era capaz de sondar o passado, o presente e o futuro dos seus ouvintes!

Eu não sei o que me impressiona mais: Se os “médiuns” que realizam este tipo de programa ou se as pessoas que acreditam que, realmente, alguém que nunca viram em questão de segundos poderá lhes dar uma resposta verdadeira.

Você já parou para pensar em como esta pessoa obteria as respostas? Como ela poderia, tão rapidamente, ter acesso a estas informações? Eu lhe ajudo: É simplesmente leitura fria.

Observe, o modus operandi é sempre o mesmo:

Se a pessoa fala de forma extrovertida, alegre, alto astral, tudo que ela pergunta dará certo: Seja emprego, reatar casamento, fazer uma nova faculdade, tudo maravilhoso!

Se a pessoa é insegura na fala, tudo dependerá. Respostas como: Talvez você consiga, você precisará se empenhar mais, está em suas mãos, surgirão rapidamente.

Se o tom da voz passa melancolia, tristeza, prostração, o apresentador dirá que não dará certo, que o relacionamento acabou, que a pessoa precisa partir para outra e procurará orientá-la a buscar algum tratamento espiritual, marcar uma consulta com ele, etc.

O objetivo é muito simples: Convencê-lo de que o apresentador realmente é um médium extraordinário, um vidente fantástico, um paranormal de mão cheia, enfim, alguém que realmente tem um poder incrível e que poderá lhe ajudar, desde que você pague a quantia certa... Enfim, estes programas servem para atrair clientes, nada mais!

*

Da mesma forma, desconfie sempre que alguém disser possuir informações espirituais sobre você, principalmente, fora do ambiente religioso. Quase todos os que conheci e que afirmavam poder ler a energia das pessoas, falar sobre o passado ou o futuro só por terem encostado em alguém, eram pessoas perturbadas, carentes e que desejavam chamar a atenção... 

Ainda que a pessoa seja médium, sensitiva, etc., ela não obterá, seja por si ou por uma entidade, as informações na hora que ela quiser. Simplesmente, não é assim que funciona!

Se você é médium em terreiro, já deve ter notado que, muitas vezes, mesmo o consulente estando cara-a-cara com a entidade não é fácil obter informações espirituais sobre a pessoa, em razão das dificuldades energéticas do processo, a postura do próprio consulente e, acima de tudo, a insegurança do médium... Imagina, agora, conseguir tudo isso por telefone, fazendo live no facebook ou simplesmente por ter encostado em alguém....

Porém, talvez eu esteja ultrapassado com a minha conexão discada com o além, já que me parece ter por aí muito médium banda larga (até com fibra óptica...).

Leonardo Montes

Share:

2 comentários:

Os anos de internet me ensinaram a não perder tempo com opositores sistemáticos, fanáticos, oportunistas, trolls, etc. Por isso, seja educado e faça um comentário construtivo ou o mesmo será apagado.