sexta-feira, 3 de maio de 2019

SOU OBRIGADO A DESENVOLVER A MINHA MEDIUNIDADE?

A mediunidade não surge na vida de alguém por acaso, mas como parte de um planejamento reencarnatório definido antes mesmo do indivíduo nascer. 

Entretanto, nem todas as pessoas são médiuns em potencial. Algumas nunca terão sequer uma leve percepção espiritual, enquanto outras desde a infância parecerão viver entre dois mundos...

Os médiuns são, quase sempre, pessoas com pesadas dívidas adquiridas em diversas encarnações onde muito erraram. A mediunidade lhes é “dada” não apenas como ferramenta para quitar estes débitos, mas para evolução de si mesmas.

Considerando, portanto, que este planejamento é feito antes da reencarnação e que possui uma finalidade muito importante individual e coletivamente, a pessoa que deixar de lado seu desenvolvimento mediúnico estará sendo negligente com a própria vida e terá de prestar contas disso no futuro a Deus e a sua própria consciência, já que, frequentemente, ela mesma pediu para vir como médium.

Portanto, a mediunidade é opcional apenas antes da reencarnação. Aqui, é obrigatória!

Leonardo Montes
Share:

2 comentários:

  1. Essa capacidade mediúnica , não pode ser substituída
    Por ser uma pessoa melhor, fazendo o bem a outra pessoa.
    " Posso lá na minha programação, ter me comprometido com a mediunidade, mas aqui encarnado mudar minha concepção e tentar meu resgate de outra forma"

    ResponderExcluir
  2. O pós-verdade que toma conta do nosso mundo (onde tudo é relativo), não funciona do lado de lá: Tem dívida, tem que pagar!

    ResponderExcluir

Os anos de internet me ensinaram a não perder tempo com opositores sistemáticos, fanáticos, oportunistas, trolls, etc. Por isso, seja educado e faça um comentário construtivo ou o mesmo será apagado.